O que nós precisamos atualmente?

Nosso projeto depende de sua solidariedade

Este projeto desde o principio se baseou na solidariedade, contamos com o apoio de amigos, empresas, vizinhos, famíliares, colegas de trabalho. Chegamos em um ponto que é necessário expandir a ideia inicial, acelerar o desenvolvimento e escala do projeto. Devemos fazê-lo desta maneira visto a situação PANDEMICA da sociedade.

Nossa equipe possuí membros em 5 continentes e em mais de 20 paises. Nosso recurso mais precioso já estamos doando que é nosso tempo e nosso conhecimento, mas tempo e conhecimento só trazem sabedoria, não soluções, e atulamente precisamos de uma solução médica em respiradores/ventiladores. 

Precisamos realizar testagens médicas/clinicas, por isso pretendemos adquirir comprar (vocẽ também pode doar estes materiais caso disponha deles)

  • Simulador Pulmonar

  • Sensores de Oxigenio

  • Sensores de pressão (para validação, não para o aparelho em si)

  • Sensores de Fluxo (também para validação)

Matéria Prima e Ferramentas para a Versão MarkII

  • Acrilicos (chapas de 6mm e 3mm)

  • Motores de Limpa-parabrisa

  • Microcontroladores (Arduino)

  • Maquina de Corte CNC Laser

  • Material para impressão filamento (Petg/PLA)

  • Reles

  • Diodos


Caso você possa doar estes materiais favor entrar em contato diretamento por aqui DOAR MATERIAL

Imagem e bloco de texto Odoo

Este foi o primeiro protótipo do OpenVentilator

Este projeto nunca saiu do papel. Mas isto só foi possível porque muitos doaram seu tempos de trabalho, esforço e principalmente material para provarmos que este modelo não sairia do lugar


O Projeto do Respirador ou Ventilador Open Source, como queira chamar, é um projeto que surge no día 9 de março de 2020, dez dias antes da iniciativa inicial de juntarmos forças com uma equipe.

Nossa primeira intuição era que a Pandêmia iria se espalhar rápidamente não só pelo nosso pais de origem mais também pelo mundo. A unica ideia capaz de ser escalável no ritmo da pandemia, era um projeto de respirador Open Source.

No dia 19 de março entramos em contato com Jeremias Almada que havia apresentado alguns esboços de um projeto do tipo "Apertado de Ambu" em um grupo do Facebook CoronaVirus Rapid Supplies. 

Faça uma doação e ajude a construir um respirador

que ajudará muitos nas partes mais isoladas do mundo

Nossa segunda tentativa

Conversamos com Jeremias para mostrar que o caminho dele estava certo, mas que precisaria de um protótipo e uma equipe. Sendo assim montamos um grupo no Whatsapp e começamos os planos de prototipagem. Fizemos juntos com os primeiros membros a comunidade do SLACK, o grupo de Whatsapp e as diretrizes de trabalho.

Começamos a fazer a segunda versão que já apresentava a substituição do sistema de Ambu por um sistema de Fole, havíamos trocado os motores de passo por motores DC e principalmente começávamos a desenhar o projeto do OpenVentilator como uma equipe. Neste primeiros dias não tivemos grandes custos, porém foram os primeiros desenhos, essenciais para sabermos quais deveriam ser os passos mínimos que precisávamos atendes, requisitos do projeto e primeiros debates sobre escalabilidade.

Após percebermos que este modelo exigiria que uma "Ponte H" ficasse alterando a polaridade de um Motor-DC decidimos trocar novamente a abordagem e fazer um próximo protótipo. Este sim já havíamos decidido que iriamos prototipar para começarmos a ter um primeiro contato com a realidade que nos esperava.

A próxima versão víria a se chamar a versão Espartana. Todos nós dedicamos a ela nosso tempos, porém em poucos dias começamos a dedicar o nosso dinheiro, coisa que até então não havia acontecido. Como todos estávamos colocando nosso esforços e capital pessoal no projeto, ficou decidido em assembléia a transparência de nossas contas para um fim maior e melhor para toda a nossa comunidade.

Texto e bloco de imagem Odoo
Imagem e bloco de texto Odoo

Nossos primeiros gastos:

O Modelo Espartano v.0.0.1

  • Chapas de Acrílico de 6mm

  • Barras roscadas

  • Fonte de computador

  • Motor 12V DC de limpa para-brisa

  • Filamento do tipo Petg 

  • Guias Lineares

  • Cabeamento

  • Arduino

  • Swith 

  • Potenciometro

Este primeiro modelo sim saiu do papel, fizemos um protótipo muito simples que recebeu carinhosamente o nome de modelo espartano, e o mark II que usando Arduíno e micro-eletrônica passou a ser o nosso primeiro modelo.

Apesar de esforços em realizar Renders, e principalmente termos pensado em tudo no controle desta primeira versão ela ainda era insuficiente.

Após a construção do EsparanV.0.0.1 percebemos falhas mecânicas na construção, problemas na hora da montagem e principalmente a falta de credibilidade em uma estrutura tão frágil. Deixo a seguir o modelo do nosso primeiro "respirador"

Para vêr o vídeo acesse este LINK


.

Faça uma doação e ajude a construir um respirador

que ajudará muitos nas partes mais isoladas do mundo

Mais protótipos Spartan v.0.0.2

Eliminamos o movimento de alvanca, desenvolvemos a nossa própria valvula diversora com impressora 3D. Fizemos um sistema com maior controle volumétrico e principalmente de precisão. Começa a surgir o modelo Spartano de verdade. Nossos gastos já começam a ser uma grande parte do problema para desenvolver os protótipos. Foi com este v.0.0.2 que fizemos os primeiros testes em um simulador.



Começamos a ver os primeiros resultados, porém ajustes ainda são necessários. Colocamos a disposição os primeiros planos para que tentativas de reprodução aconteçam no mundo todo a fim de agilizar a prototipagem e minimização de erros

Apesar de ainda muito caseiro o respirador é colocado em aparelho de simulação pulmonar, gentilmente cedido pela Samtronic empresa especializada em validação de respiradores e equipamentos do tipo


Texto e bloco de imagem Odoo
 
 

Passamos nos primeiros testes

O aparelho usado como um simulador é um Michigan Instruments, que foi usado junto com o protótipo para simular diversos tipos de complacência e volumetrias. Bem como curvas máximas de pressão. Para saber mais sobre os resultados ACESSE AQUI


O projeto sofre alterações a nível de segurança e estrutura

  • Alocação da Valvula diversora dentro do equipo e longe do paciênte

  • Melhorias nas tabelas e escalas de ajuste volumétrico

  • Melhorias da documentação de montagem do equipamento

  • Validação dos resultados dos testes com Pneumologistas e Intensivistas

  • Aumento da rigidez e durabilidade da estrutura do equipamento 

  • Melhorias no sistema do Fole

  • melhorias no sistema de braço atuado

A última versão

Odor CMS - uma imagem grande

Até agora o melhor e mais reproduzível respirador/ventilador do mercado

Valvulas especialmente alocadas para fácil manutenção. Estrutura em acrílico ou aço-inox. Confiável e robusto. Um sistema verdadeiramente guerreiro e espartano

Contacte-nos »